No porto de Salvador

Salvador foi a nossa segunda parada no cruzeiro de seis noites da Costa que fizemos – a primeira foi em Búzio (RJ) e a terceira e última em Ilhabela (SP). Já declarei meu amor pela Bahia várias vezes, e a Malu é praticamente uma baiana – foi a quarta vez dela no estado da Bahia: com 6 meses fomos à Arraial D’Ajuda no Arraial Eco Resort, 11 meses ao Vilarejo de Santo André no Campo Bahia Hotel e com 14 meses à Praia do Forte no Iberostar.

Chegamos de navio na capital baiana às 8h e nosso tour, que contratamos no cruzeiro, partiu às 9h30. Comprei direto no navio pela facilidade, segurança, infraestrutura de ônibus com ar condicionado. Foi $ 65,00 por pessoa – a Malu, por ter 2 anos, não pagou. Para quem não quiser optar por esta alternativa, é só pegar senha de descida do navio para sair, como Salvador tem um porto grande, não foi necessário lancha pra ir até terra firme. Vi dezenas de pessoas oferecendo tours na saída do porto.

Restaurante do Farol

Entre os passeios que fizemos, estão a parte histórica de Salvador, o Elevador Lacerda e Pelourinho, a praia do Farol da Barra, onde almoçamos no Caranguejo do Farol (tinha opção no menu para crianças), e o Mercado Modelo.

Levei o canguru porque seria impossível andar pelo Pelourinho, pelas ruas de pedras e o sobe/desce do ônibus com carrinho. Ajudou bastante, mas como estava muito calor, a Malu pediu para sair do canguru no meio do caminho e foi andando um pouco e um outro tanto no colo.

Leia também: 

❤️