Um dos questionamentos que mais recebo é sobre como preparar as malas de bebês e crianças quando a viagem é para locais com temperaturas mais baixas ou inverno. Por isso, fizemos uma entrevista com a Priscila Mirzen, idealizadora da BabyDoo, marca de moda infantil 100% brasileira que tem como destaque peças de roupa com proteção para o frio intenso, neve e chuva. 

1 – Quando o destino escolhido é para lugares mais frios ou no período de inverno brasileiro, quais itens devem ser levados de acordo com a temperatura?

BabyDoo: Em caso de destinos gelados, o recomendado é vestir-se em camadas, de acordo com a temperatura, havendo preparação para grandes variações de temperatura, que é a realidade do inverno nacional. A sobreposição de camadas potencializa o aquecimento e contempla diferentes temperaturas. As camadas são as seguintes:

1 camada – segunda pele: potencializa o aquecimento das outras camadas, bom desempenho desde temperaturas negativas até 20ºC. Itens: blusa ou body, calça ou legging.

2 camada – peças térmicas de soft, moletom e fleece: essenciais para assegurar o aquecimento, bom desempenho desde temperaturas negativas até 15ºC. Itens: um exemplo é o Macacão Astronauta Babydoo.

3 camada – peças espessas e forradas: protegem do vento e da água, bom desempenho desde temperaturas negativas até 8ºC. Itens: Macacão acompanhado de jaqueta com capuz.

2 – Como você recomenda que seja feita a arrumação da mala de crianças de 0 a 2 anos para destinos de inverno? Quais peças de roupa não podem faltar?

BabyDoo: Para os bebês, as roupinhas devem garantir a proteção total e a praticidade, evitando a exposição ao frio. Por isso, o macacão é a melhor opção, tendo em vista que, devido ao seu design, protege a criança do frio, facilita a troca de fralda e otimiza o espaço na mala. Em relação à quantidade, indicamos um look completo para cada dois dias de viagem. 

Na mala do seu bebê, não podem faltar:

  • 2 conjuntos de segunda pele (body e calça), sendo 1 conjunto para uso contínuo e o outro para imprevistos;
  • 1 macacão térmico (modelo Macacão Astronauta Babydoo);
  • 1 peça corta vento térmica, com capuz;
  • 2 pares de meias; e 
  • 1 par de sapatinhos pantufa, no caso de crianças de até um aninho, ou um par de sapatinhos com solado, para crianças com mais de um aninho.

3 – Como você recomenda que seja feita a arrumação da mala de crianças com mais de 2 anos para destinos de inverno? Quais peças de roupa não podem faltar?

BabyDoo: Crianças com mais de 2 anos precisam de roupas que garantam a sua proteção contra o frio e a sua autonomia para ir ao banheiro, priorizando a praticidade. A Babydoo dispõe de peças com essas características, que interagem bem quando sobrepostas, uma vez que destinos gelados exigem o uso de camadas de roupas. Em relação à quantidade, indicamos um look completo para cada dois dias de viagem.

Não podem faltar, na mala da criança:

  • 2 conjuntos segunda pele, sendo um conjunto para uso contínuo e o outro para imprevistos;
  • 1 macacão corta-vento térmico ou um macacão regata térmico acompanhado de uma jaqueta corta-vento térmica;
  • 2 pares de meias;
  • 3 peças de roupa íntima; e
  • 1 par de botas com forro térmico e solado alto.

4 – Para temperaturas de 0 a 10 graus, quais peças de roupa são indispensáveis para garantir a proteção das crianças?

BabyDoo: Nesse caso, sugerimos o uso da segunda pele e de peças forradas. Com três peças, um conjunto de segunda pele e um macacão forrado, a proteção está garantida.

5 – Em viagens para locais onde há neve e temperaturas negativas, quais as peças de roupa que não podem faltar na mala de uma criança? Quantas e quais são as camadas de roupa?

BabyDoo: Locais com temperaturas negativas e neve exigem peças impermeáveis, sendo necessário vestir de três a quatro camadas de roupa. Lembramos que as camadas são:

1 camada – segunda pele: potencializa o aquecimento das outras camadas, bom desempenho desde temperaturas negativas até 20ºC. Itens: blusa ou body, calça ou legging.

2 camada – peças térmicas de soft, moletom e fleece: essenciais para assegurar o aquecimento, bom desempenho desde temperaturas negativas até 15ºC. Itens: Macacão Astronauta Babydoo.

3 camada – peças espessas e forradas: protegem do vento e da água, bom desempenho desde temperaturas negativas até 8ºC. Itens: Macacão Astronauta impermeável ou Macacão Regata acompanhado de jaqueta com capuz.

6 – Quais são os tecidos tecnológicos mais indicados para temperaturas muito baixas?

BabyDoo: Os tecidos indicados para temperaturas muito baixas são: malha, para segunda pele; soft e fleece, como garantia de aquecimento; e nylon, para corta-vento.

7 – Para locais onde os índices de chuva são altos, o que levar?

BabyDoo: Nesses casos, o ideal é levar peças impermeáveis, como a Capa de Chuva, indicados para temperaturas de até 25ºC, além de galochas.

8 – Para viagens em locais com baixas temperaturas, qual a quantidade ideal de peças de roupa em relação ao período de viagem? Por exemplo, para um roteiro de uma semana.

BabyDoo: Em caso de destinos de baixas temperaturas, a quantidade ideal de roupas varia conforme a duração da viagem. Por exemplo, se a viagem estiver planejada para uma semana, a mala deve conter:

  • de 3 a 5 conjuntos de segunda pele, pois são usados todos os dias;
  • de 2 a 3 macacões térmicos
  • 1 pijama;
  • 1 macacão regata;
  • 1 jaqueta com capuz; e
  • de 1 a 2 macacões corta-venta.

9 – Por que vale a pena investir na aquisição de tecidos tecnológicos?

BabyDoo: Os tecidos tecnológicos utilizados pela Babydoo são de alta qualidade e conforto, uma vez que possibilitam a transpiração, mantém o corpo da criança sempre seco e secam rapidamente mesmo no inverno. Esses tecidos também têm maior durabilidade, garantem o aquecimento e são antialérgicos. Apenas tecidos superiores na cadeia têxtil permitem uma experiência como essa.

10 – Qual o calçado ideal para neve?

BabyDoo: Quando houver neve, a sugestão é utilizar calçados forrados e com solado alto. Botas de couro legítimo e pele natural de carneiro são ideais, pois garantem a proteção e adaptam-se à variação de temperatura, o que acontece frequentemente ao entrar e sair de lugares com aquecimento. Em caso de calçados totalmente sintéticos e emborrachados, vale pesquisar se o material é tecnológico, a fim de evitar que o pé da criança fique úmido e gelado.

11 – Além das roupas, quais outros acessórios para proteger os bebês em locais muito frios? 

BabyDoo: Para proteger a criança do frio, você ainda pode utilizar protetores de carrinho, sacos de dormir, toucas, sapatinhos e luvas. É importante que esses acessórios fiquem presos a outros itens para evitar perdas. No caso do protetor de carrinho, há passantes que são presos ao cinto de segurança. Gorros, sapatinhos e luvas têm regulares e alças com botões para prender.  

12 – Quais detalhes práticos devo observar numa roupa de inverno para bebê, como abertura fácil pra trocar fraldas, ajustes de tamanho, zíper protegido, entre outros?

BabyDoo: Quando for adquirir uma roupa de inverno para bebê, é importante observar o desempenho do tecido utilizado na fabricação da peça, porque, dessa forma, você saberá se o material permite a secagem rápida, possibilita a transpiração ou não provoca alergia. O design da peça também é importante, por isso observe se o modelo prioriza a praticidade na troca de roupa e fralda, para que a criança não seja exposta ao frio; se há um bom acabamento nos zíperes e botões, evitando o contato com a pele do bebê; e se as regulagens permitem adaptações, para maior uso das peças.

13 – Onde comprar no Brasil esse tipo de roupa e quanto tempo demora pra chegar?

BabyDoo: Você pode encontrar roupas infantis apropriadas para o inverno na loja online da Babydoo, no site babydoo.com.br, com entrega de um até 20 dias úteis, conforme o endereço. Lembre que, na cidade de Gramado, não há frete e a entrega é feita em apenas algumas horas.

❤️