Fomos convidados pela Disney e pela Latam para uma viagem de cinco dias para Orlando para conhecer a nova área de Star Wars no parque Hollywood Studios. Não preciso nem dizer que foi uma experiência inesquecível para a nossa família em todos os aspectos. 

  • Trajeto

Embarcamos de São Paulo rumo a Disney no avião Stormtrooper Star Wars – toda a aeronave é caracterizada com os personagens e cenas do filme. 

Nossa “saga” para chegar à Orlando começou às 5h da manhã de 10 de fevereiro – data marcada pelo caos histórico de chuvas e enchentes em São Paulo. Por conta disso, o aeroporto de Guarulhos estava sem teto para decolagens e nosso voo, que estava previsto para partir de manhã, acabou saindo somente à noite. Ficamos 15 horas na sala vip da Latam, o que foi ótimo porque contamos com toda a estrutura necessária para aguentar a situação. Nosso voo, que era para Orlando, acabou sendo remanejado para Miami. Foram oito horas de percurso e mais quatro horas de ônibus de Miami até Orlando, totalizando 31 horas de viagem. 

Este foi o nono voo longo noturno internacional da Malu – de um total de 33 voos. Como em todos eles, ela dormiu em todo o trajeto. 

Alugamos um carro na Rental Cars. Adoro alugar carros em viagens, especialmente por conta da liberdade que temos em fazer nosso próprio roteiro e desviar dele para conhecer e descobrir algo novo no percurso. Desta vez, optamos por alugar uma cadeirinha na Toy Delivery Orlando, uma empresa brasileira que atua em Orlando por meio de aluguel de cadeirinhas, carrinhos e outros produtos. Cupom de desconto 10%: pezinhonaestrada

  • Hospedagem

Ficarmos hospedados no Animal Kingdom Lodge, um dos 25 hotéis do complexo Disney. É um hotel temático africano e que reproduz até uma savana com cerca de 30 animais de verdade que podem ser vistos da varanda de alguns quartos. 

Tem quatro restaurantes, cinco bares, área de piscinas e spas aquecidos, parquinho, recreação, serviço de babá com custo adicional, lojas enorme da Disney, serviço de quarto com entrega de comida, incluindo menu infantil. Eles fornecem berço, frigobar e amenities da Disney.

Veja as vantagens de ficar em um hotel da Disney em: Disney: hospedagem no Animal Kingdom Lodge com bebês e crianças

  • Passeios

Como ficamos cinco dias, logo no primeiro, fomos conhecer a nova área de Star Wars no Hollywood Studios. Chegamos parque às 7h da manhã, antes da abertura, para aproveitar ao máximo as atrações de Star Wars, entre elas simuladores, lanchonetes temáticas, taberna com DJ e drinks galácticos iguais aos do filme, cenário das cidades de Star Wars, loja para personalizar seu droide, para comprar o sabre de luz, entre várias outras coisas. Também visitamos o Toy Story, o 3D dos Muppets e fomos no show Disney Dance.  

No segundo dia, visitamos o Animal Kingdom Park. O ponto alto é a área de Avatar, que é maravilhosa, principalmente à noite. Aproveitamos também o musical do Nemo, além de outras atrações para crianças pequenas, como Rei Leão, Up!, It’s Tough to be a Bug, Safári, Dino Rama.

Magic Kingdom foi a escolha para o terceiro dia. Como era um sábado, estava bastante cheio, mas graças ao Fast Pass, que é uma fila rápida em que você pode reservar o horário que deseja ir a determinada atração, conseguimos aproveitar sem longas filas. Há muitas atrações para crianças pequenas, como a Fantasyland, além das paradas e dos shows que acontecem pelo parque ao durante o dia.  

Como na previsão do tempo um dos dias seria chuvoso, optamos por ir às compras no Outlet Internacional Premium de Orlando, que tem as principais marcas, em especial de crianças

Outro local legal para passear é o Disney Springs, é um shopping aberto num local super bonito, com restaurantes e lojas.

  • Alimentação

Desde os 12 meses a Malu, hoje com dois anos e meio, come conosco em restaurantes e nos hotéis. 

No Hollywood Studios, fomos no restaurante italiano Mamma Melrose, tem menu kids e a Malu amou. Ela comeu salada, frango grelhado, arroz integral e maçã de sobremesa. Comida deliciosa!

Já no Animal Kingdom Park, almoçamos no restaurante Tiffin. Teve uma espera de uns 20 minutos por uma mesa, mas valeu a pena. Comida bem gostosa e com opções saudáveis para crianças. 

Como o Magic Kingdom estava muito cheio, não conseguimos ir a um restaurante confortável e com comidas mais saudáveis como fomos no Hollywood Studios e Animal Kingdom Park. Acabamos comendo fast food. 

Em Orlando há ainda a opção de papinhas entregues pela Little Chef Orlando. Seguidores de Pezinho na Estrada tem 10% de desconto com o cupom pezinhonaestrada.

  • Documentação

Para viajar para os Estados Unidos é necessário, além de passaporte válido, ter o visto americano. Renovamos o passaporte da Malu pouco antes de embarcados – é o terceiro dela, já que este documento para bebês pequenas tem validade menor do que para crianças maiores e adultos.  Tanto para emitir primeira via como para a renovação do passaporte, o custo é de R$ 257,25. Informações e agendamentos podem ser feitos no site da Polícia Federal.

O visto americano tiramos quando a Malu tinha três meses. Na ocasião, como tínhamos pressa porque já estávamos com viagem marcada, usamos a American Visa. Tudo sobre documentação para viagens internacionais aqui.

Ir ao médico no exterior é extremamente caro. Os EUA, por exemplo, tem o sistema de saúde mais caro do mundo – uma consulta em um hospital custa mais de US$ 2.000. Por isso, desde a primeira viagem da nossa bebê a contratação do seguro viagem é obrigatória. Só de pensar no prejuízo e na dor de cabeça caso aconteça algum problema, vale, e muito, investir pela tranquilidade.

Gosto da April porque além da cobertura para despesas médicas, hospitalares e odontológicas e garantias no caso de extravios de malas, é possível customizar o plano perfil do assegurado e do tipo de viagem e com upgrades que cubram outras questões, como cancelamento de viagens, seguro de celular e notebook, entre outros. Além disso, a April também oferece cobertura total para prática de esportes, gestantes e doenças pré-existentes para todos os planos.

Leia mais:

❤️